6 de mai de 2015

o entardecer da vida
não apagou a recordação
não.
tenho em mim, ainda
o seu lindo sorriso
o seu lindo sorriso descontraído,
que perante aos causos
faz o choro passar despercebido

mas, isso não é tudo
pois tenho, no lado de cá
o cheiro de chocolate pairando no ar,
bem como àquela melodia ressurgente
na na na la la la
onde eu me tiro pra dançar

mas, novamente, isso não é tudo
e quanto ao sorvete delinquente?
se há - e deve haver - um culpado
eis ele aí.